Aqui tem mais!

terça-feira, 8 de março de 2011

Diva Diva Diva



5 de março de 2011 - Buenos Aires - Argentina
Data e local da realização de mais um sonho: ver bem de perto aquela que é minha musa inspiradora: Shakira!
Mais de 39 mil pessoas lotavam o estádio Puerto Madero, que contava com uma estrutura super bacana e organizada, com dois palcos e direito a show de abertura de Zig Marley e Vicentico, tudo para esperar a chegada dela. E ela veio! Linda e loura coberta com uma capa pink, entrou no meio do público cantando Pienso En Ti, á capela. Pelo telão meus olhos atentos acompanhavam cada passo, sentido uma invejinha cor de rosa dos fãs que estavam pelo caminho, meo deos, desta vez era de verdade, a diva estava a poucos metros de mim em uma noite nublada que prometia ser incendiária!
E começou o show, em poucos segundos ela saca a capa e aparece com um figurino apropriadissimo para dançar: barriga de fora! Os homens suspiram e as mulheres se perguntam: Será que ela faz pilates?
O show foi todinho em espanhol, para minha sorte, pude cantar tudo que sabia a ponto de sair do show quase sem voz!
A cada música ela aparece com uma surpresa: figurinos, instrumental especial, coreografias hipnotizantes, bailarinas e tem até surpresinhas como convidar fãs da plateia para aprender a dançar Suerte: cadera, cadera, cadera e morri de invejinha outra vez! Aliás em Suerte (a versão em espanhol de whenever wherever) tem uma frase que diz "Suerte que mis pechos sean pequeños/ Y no los confundas con montañas" e cheia de orgulho dos seus seios pequenos ela passa a mão da blusa mostrando aquilo que eu também defendo: uma mulher é muito mais que um par de seios!
Um dos atos do show que eu mais gostei, foi quando ela cantou Gitana! Eu adoro a música em inglês e confesso que nunca tinha prestado a atenção na letra em espanhol, que aliás é linda, fala de amor e liberdade. Prestava a atenção na letra enquanto meus olhos estavam atentos a cada movimento que ela fazia com os quadris vestindo uma saia longa cor de vinho. E neste mesmo ato ela faz uma outra coreografia no chão que só quem viu sabe o que é, não tem como descrever!
Ciega surdomuda é desde sempre minha música predileta! E sai do chão quando ela cantou este tema!
O show é bem misto de músicas antigas, que para mim são as melhores, com as novas. Mas mesmo assim senti falta de algumas como No, Tu, Rabiosa e Antologia!
Shakira é uma verdadeira show womam! Ela que compõe, toca, dança e hipnotiza com os quadris, tem atitude, carisma, estilo e além de tudo canta, na verdade mais que isso, não deixa ninguém ficar parado! A banda é maravilhosa, com músicos que acompanham ela a bastante tempo e duas bailarinas que valem por um ballet inteiro, negras, lindas, com corpos esculturais e dançam tanto ou mais que a diva.
Os figurinos não são um ponto forte, apesar da maioria deles ser assinado por Roberto Cavalli e terem aquele ar selvagem tipico do estilista e tipico da Shakira, nem todos são bonitos. Mas ela aparece confortável dentro deles para dançar e fazer tudo mais que ela faz em cena, e é isso que conta!
Depois de cerca de uma hora e meia de show, que de tão intensa parece que passa em 10 minutos, saimos de lá transbordando de alegria, sob uma chuva de papeis coloridos ao som de Waka waka, mas com o loka loka loka na cabeça!
Fã é fã, e dentro de uma semana terá mais, vou assisti-la novamente na cidade onde moro, Porto Alegre! Shakira, novamente ai vou eu! Diva! Diva! Diva!



Um comentário:

  1. Uhuull n vejo a hora de ver ela de pertinho no dia 15!!!

    ResponderExcluir

Adoro comentários. Este espaço é para você deixar o seu!