Aqui tem mais!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Que homem faz o teu tipo?



Meu tipo? Tipo é uma coisa muito limitada, mas há algumas características que valem estrelinhas douradas. 

Alto, sim, pelo menos 10 cm a mais que eu. A barba não precisa ser feita todos os dias. O cabelo tem que ter onde puxar. O sorriso tem que ser branco, alinhado e acima de tudo sincero. Gosto de homens de óculos, com a pele bronzeada e sustância, nem muito magro e menos ainda bombado. É bom que ele tenha um meio de transporte alternativo, pode ser skate, bike, parapente... 

Ele prefere atividades diurnas, explora a natureza, sabe cozinhar, cultiva seus temperos, me tira para dançar no tapete da sala enquanto a comida está no fogo. É criativo, fala mais dois idiomas, tem um bom senso fotográfico e alto astral. É sem vícios, discreto, se veste com elegância, mas sem colete de lã por cima da camisa no inverno e menos ainda regatas e bermudas coloridas no verão, ele usa jeans com chinelo e camisas pra fora da calça. Bonito? Acho que não, mas charmoso, com certeza. 

O homem que faz o meu tipo é aquele que faz um bom emprego das virgulas, para que suas palavras e intenções fiquem claras mesmo quando estamos longe. Também faz o meu tipo aquele que relata, indica e compartilha um livro, um filme, um restaurante, um prato, um destino. Aquele que anda sem ter medo de se perder e no caminho e encontra um lugar para chamarmos de nosso. 

O homem que faz o meu tipo é alguém que tem vida própria, atividades próprias, amigos e familiares, é aquele que tem com que se ocupar. Gente ocupada com coisas úteis não tem tempo para esquizofrenias. Mas também é alguém que participa da minha vida e das minhas atividades, com respeito, sem limitar o que já possuo. 

O homem que faz o meu tipo, eu nem conheço ainda, se tivesse conhecido já estaríamos juntos. Ou, pensando bem, de repente até já fomos apresentados, mas em um momento em que eu estava muito ocupada sonhando com quem não existe e desconectada da vida real. 

É importante que saibamos que enquanto limitarmos alguém a qualidades e características que existem só em nossa imaginação, nunca vamos ter tempo, espaço ou simplesmente sensibilidade para perceber que o homem da vida real já está diante de nós.

O homem que faz, ou que fará o meu tipo, certamente é aquele que trará consigo a outra metade da recíproca, independente de qualquer outra característica citada acima. Afinal, o amor é cego. Quando o coraçãozinho bate mais forte, tanto faz se ele ouve Tom Jobim ou Lady Gaga, o que importa é a positividade que sentimos quando estamos juntos.

Neste caso, o melhor é, ao invés de ter um tipo, com mil características para qualificar e limitar, que tenhamos um coração aberto a experimentar, tentar e a se entregar. E só assim descobrirmos o quanto podemos ser ecléticas. 

Então a resposta mais adequada para a indiscreta pergunta título "Qual o teu tipo de homem?"
É: Aquele que provoca sensações tão únicas, que nem eu sei descrever.



4 comentários:

  1. E AQUELE QUE ESTA AO MEU LADO A 30 ANOS..E AQUELE QUE EU AMO, AQUELE COM EU BRIGO E FAÇO AS PAZES, E AQUELE ME CONFORTA E TBM ME CHAMA A ATENÇAO QDO VIAJO NA MAIONESE , QUE FAZ RIR, ATE CHORAR ...E MESMO AS VEZES MACHUCANDO COM AS PALAVRAS E QDO E GROSSO, MAS QUE DEPOIS PEDE DESCULPAS..E ESSE HOMEM COMPANHEIRO QUE TENHO E QUERO!!! ATE NESSE EXATO MOMENTO QUE NAO ME DECEPCIONOU ....SAO MEIO DIA AGORA...RSRSR, BJOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EI FUI EU...SUA TIA MONICA FARIA

      Excluir

Adoro comentários. Este espaço é para você deixar o seu!